Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O RAPAZ DAS ILHAS

28
Fev18

No meu tempo é que se jogava futebol!

DIREITOS RESERVADOS

 

Se o futebol português fosse como o que eu jogava na escola primária com os meus amigos era limpinho, limpinho. As regras eram claras, o jogadores de topo – e com amor à camisola, que nem existia –, o jogo era só dentro de campo – de cimento, ainda por cima –, o árbitro nunca se enganava ou roubava – até porque não existia – e o melhor de tudo é que a baliza era sempre ocupada por um guarda-redes praticamente da sua largura – durante um curto espaço de tempo fui esse ser amável e mal tratado. A única coisa menos boa é que, raras vezes, havia porrada, mas nada de grave e quando acabava eramos todos amigos outra vez.

 

 

25
Fev18

2 dias em Évora #2

COPYRIGHT O RAPAZ DAS ILHAS

 

O segundo dia foi para mandriar. Prova disso é que a saída do hotel foi já depois do meio-dia. A vantagem é que deu para fazer o pretendido, como já referi no artigo anterior, descansar. A desvantagem é que não deu tempo para visitar a Sé Catedral de Évora – e parece que perdi bastante. De qualquer forma, não só por isso, mas também, voltarei a Évora assim que possível, portanto nada de lamentações.

 

24
Fev18

Fugir ao stress da cidade…sem sair dela!

COPYRIGHT O RAPAZ DAS ILHAS

 

Pode parecer estranho vindo de um rapaz das ilhas, mas gosto do ambiente urbano, da vida na cidade. Aliás, quem acompanha o blog há algum tempo já sabe disso. A única coisa que gostaria mesmo de não ter que utilizar eram os transportes públicos, mas isso ficará para o dia em que trabalhar e tiver dinheiro para um carro, até lá vou dando o meu contributo para um mundo melhor, com menos poluição. De resto, gosto disto tudo. Dos lisboetas – que não são arrogantes, como se diz –, da mentalidade urbana, do stress para cumprir horários, do dia-a-dia cansativo…

 

 

18
Fev18

2 dias em Évora #1

COPYRIGHT O RAPAZ DAS ILHAS

 

Finalmente conheci o Alentejo, ou uma pequena parte dele. Nunca lá tinha estado e para primeira paragem optei por Évora, a cidade a que chamam de “capital do Alentejo”. Em dois dias podia até ter conhecido mais e ter saído do centro da cidade, mas a ideia que me/nos levou lá era mesmo descansar e conhecer o que fosse possível, sem grandes pressas, nem passo apressado, por isso optei por ficar apenas dentro das muralhas.

 

05
Fev18

Abanas o capacete?

 

Há melhor forma de começar a semana que a abanar o capacete? Não há, não pode haver.  

 

Desde o ano passado – e já lá vão uns dias – que não trazia uma playlist mesmo há maneira, mas esmerei-me na primeira de 2018…ou não achas? São as 10 músicas que mais ouço e, certamente, que a maior parte dos portugueses também. São temas que passo muito no Rádio Clube d´Angra e que me dão uma energia do caraças.

 

 

Segue-me nas redes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

2 dedos de conversa

2 Dedos de Conversa com Vítor Moura

Vítor Moura em 2 Dedos de Conversa 😮🎥 Segue O RAPAZ DAS ILHAS aqui: > Blog: https://bit.ly/2JJrl4W > Instagram: https://bit.ly/2r99Rbh (@orapazdasilhas) > Youtube: https://bit.ly/2EuIjRw Vê o último 2 Dedos de Conversa, com Patrícia Matos, aqui: https://bit.ly/2JHZJwQ * Para melhor visualização do vídeo deves ativar a definição HD

Publicado por Rodrigo Pereira em Domingo, 27 de Maio de 2018

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D