Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O RAPAZ DAS ILHAS

29
Jun17

Tap, Sata ou Ryanair?

Direitos Reservados

 

São as três companhias com que viajo com alguma regularidade e, portanto, as que posso opinar. Este blog não é de aviação, por isso não vou falar da qualidade técnica dos aviões e da graduação dos seus pilotos (até porque nem percebo nada disso). A única coisa que pretendo com este artigo ranhoso é classifica-las pela minha ordem de preferência e explicar porquê, para poderem tomar a vossa decisão no momento de escolherem com qual viajar. Se é que, para tal, vão ter em consideração a minha opinião. Mas enfim, vou dá-la na mesma.

 

Entre Tap e a Sata é difícil descobrir diferenças. Para começar, o preço das viagens costuma ser semelhante, outras vezes vão trocando, no sentido em que, ora uma baixa, ora a outra o faz. Ambas permitem, também, efetuar o pagamento por multibanco, o que pode dar jeito a quem não tem cartão de crédito, e, no caso de se realizar o check-in online, podemos imprimir o bilhete, abri-lo na aplicação, assim como optar por receber por mail ou sms, sem custo adicional. O interior das aeronaves é relativamente confortável (atenção, refiro-me à classe económica), apesar de a Tap ter aviões (nem todos) com o interior renovado e a Sata não. Ah! Os assistentes de bordo são, em regra, simpáticos. E a refeição ligeira servida a meio da viagem não é grande coisa. Mas lá está, é igual em ambas.   

 

Uma diferença é que a Tap tem uma tarifa (denominada de Discount) que não inclui bagagem de porão e, por vezes (raras), se conseguem viagens consideravelmente mais baratas que na Sata. Outra, bastante importante, que me faz preferir a Tap é o cumprimento dos horários. Com a Sata é raro acontecer, e estamos a falar de atrasos, por vezes, de duas horas. Importa dizer que nesta questão, entre as diferenças que já referirei, a Ryanair também é bastante cumpridora dos horários e, muitas vezes, até aterra antes da hora prevista.

 

Quanto à Ryanair, é preciso ter em conta que é uma empresa low-cost, ao contrário das outras duas referidas. Ainda assim, não fica tão atrás quanto isso, mas fica.

 

Para as passagens saírem em conta é necessário optar pela tarifa padrão, que só permite levar bagagem de mão, com medidas específicas (e atenção que medem as malas no embarque). Caso se pretenda marcar pelo site da companhia (é lá que marco sempre), é necessário ter cartão de crédito. Pode-se, eventualmente, criar um para o efeito através do MB Way. Para que o check-in seja gratuito (e, assim, poupar cinquenta euros), é necessário fazê-lo online, a partir de três dias antes da viagem. Nesse momento, podemos escolher o lugar, optar pelo embarque prioritário, adicionar bagagem de porão, e mais umas quantas coisas (mas fará o preço da viagem aumentar consideravelmente). Podemos imprimir o talão de embarque ou abri-lo na aplicação de forma gratuita. Os assentos dos aviões são um pouco apertados (quer em largura, como no espaço para as pernas), não inclinam as costas, e não há bolsa para guardar o livro ou tablet. Não é servida refeição gratuita, mas pode-se comprar. Também vendem raspas. O pessoal, tal como nas outras duas companhias, é porreiro. Uma questão irritante, é que pagamos para levar a mala na cabine, mas se ficarmos de meio para trás na fila para embarque, obrigam-nos a mandar a mala para o porão (não cobram isso, mas também não está no acordo).

 

Para quem decidiu saltar logo para a conclusão (e até vos percebo, acreditem), a minha classificação é a seguinte: Em primeiro lugar, Tap, em segundo, Sata, e em terceiro, Ryanair. Ainda assim, não odeio nenhuma e aconselho as três.

 

Vá, agora marquem passagens e venham aos Açores, ou vice-versa. É que não tive tanto trabalho para nada. E se nos encontrar-mos por aí, pagam vocês uma bebida!

 

Segue-me nas redes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

2 dedos de conversa

PATRÍCIA MATOS em 2 DEDOS DE CONVERSA

Publicado por Rodrigo Pereira em Domingo, 15 de Abril de 2018

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D