Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O RAPAZ DAS ILHAS

25
Abr18

Abril não pode ser só memória!

DIREITOS RESERVADOS

 

Abril não pode ser apenas a comemoração da conquista da democracia e liberdade, mas uma luta constante pela manutenção das mesmas.

 

44 anos depois podemos até andar em grupo pelas ruas, fazer manifestações e dizer o que entendemos, mas continuamos a ter os donos disto tudo por aí. Continuamos a ser dominados e enganados pelo poder político.

 

“Eles comem tudo e não deixam nada”, continua a fazer todo o sentido e vê-se!

 

Este continua a ser o país dos espertos, não dos valorosos.

 

A liberdade não é um bem adquirido. Mais do que nunca é preciso ter atenção ao que se passa à nossa volta, é fundamental ter uma visão atenta e clara sobre o estado da nação a que pertencemos. A liberdade e informação pode ser muita, nunca tivemos tantos jornais, revistas, rádios e televisões independentes como hoje, mas também nunca tivemos tanta necessidade de prestar atenção a esses meios. Se o povo se distrai, os vampiros não. E o povo não pode andar distraído, nem afastado da vida do país.

 

Um país ignorante nunca será um país livre. Portugal tem que ser mais, que estar mais atento e reacionário. Abril tem que ser todos os dias.

 

Viva a Abril de 1974. Força, luta e atenção para os próximos. Que o povo continue a ser quem mais ordena!

 

Segue-me nas redes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

2 dedos de conversa

PATRÍCIA MATOS em 2 DEDOS DE CONVERSA

Publicado por Rodrigo Pereira em Domingo, 15 de Abril de 2018

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D