Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O RAPAZ DAS ILHAS

01
Jul17

7 lugares a visitar na ilha Terceira (Açores)

Direitos Reservados

 

Cá estou eu feliz e contente na minha Terceira, rodeado pelas suas belas hortênsias, para vos indicar sete dos muitos lugares que podem visitar na ilha. Não sou um guia turístico, por isso contentem-se com os nomeados (que são os meus preferidos).

 

Só um aparte: não pensem que ando sempre com a mesma camisa. É que os artigos em que me veem com ela foram fotografados no mesmo dia. Ok?

 

Centro da Praia da Vitória

Direitos Reservados

 

O movimento por aqui não abunda, mas também estamos a falar de uma ilha e certamente ninguém vem cá para andar no meio de confusão. Pelo contrário, é possível que em certas horas do dia tenham a Rua de Jesus, rua principal da cidade, e a Praça Francisco Ornelas da Câmara, que está na foto, só para vocês.

 

Uma visita à Terceira não pode passar sem um passeio a pé pelo centro da Praia.

 

O início do mês de Agosto aqui é fascinante. Decorrem as Festas da Praia e a cidade parece outra nesses dias. Podem levar com um banho de tradições e cultura da melhor, assim como abanar o capacete no Music Resort, o espaço musical que, todos os anos, aposta no melhor da música nacional e internacional (o ano passado, por exemplo, passaram por cá os Extreme, este ano passará a Paula Fernandes).

 

Miradouro do Facho

Direitos Reservados

 

Merece ser visitado e até se pode ir do centro da Praia até lá a pé. Talvez em 15 ou 20 minutos se chegue lá.

 

Tem uma das melhores vistas dos Açores, logo por sorte para a cidade mais linda.

 

Não vos vou contar a origem do nome. Quando lá forem tem mais graça saberem. Mas vão!

 

Miradouros da Serra do Cume

Direitos Reservados

 

Eis-nos no coração da ilha. De um lado (foto da esquerda), podemos avistar a Praia da Vitória a partir do seu ponto mais alto (julgo não estar em erro), do outro (foto da direita), a inspiradora Manta de Retalhos.

 

Muitas das vezes que vou à Terceira passo por aqui. É lindo ou não é?

 

Algar do Carvão

Direitos Reservados

 

Este não pode mesmo escapar. É ponto de referência para o turismo. Estamos a falar de um vulcão adormecido. E o mais fantástico é que podemos visitar o seu interior. O espaço, o cheiro e o som são únicos. Quando entramos ficamos com uma certa dúvida, se se trata de um sonho, ou se é mesmo realidade.

 

Centro Histórico de Angra do Heroísmo

Direitos Reservados

 

Cidade património mundial. Portanto, vão levar (e vão gostar) com um banho de história.

 

Em 1980, um sismo deitou a baixo a Terceira, e parte da Graciosa de São Jorge. Ao todo, morreram 71 pessoas, e mais de 400 ficaram feridas. Cerca de 15.500 edifícios desmoronaram-se, deixando 15.000 pessoas sem teto. O centro de Angra foi das zonas mais afetadas pela catástrofe, ou mesmo a mais. Pouco ficou de pé. Mas, escusado será dizer, que foi uma questão de tempo, pouco, e o povo unido reconstruiu toda a cidade.

 

Por Angra também já passou Portugal.

 

A altura perfeita para visitar a cidade é em meados de Junho. Decorrem as Sanjoaninas, que se intitulam pelas maiores festas profanas do Açores, e vêm açorianos das nove ilhas, emigrantes nos EUA e Canadá, e até continentais (neste caso, na Praia acontece o mesmo). Saltam-se fogueiras na noite de São João, há o maior festival tauromáquico do país, e a mais diversa animação é garantida todos os dias. Pode-se, também, assistir a concertos com grandes nomes da música portuguesa.

 

Monte Brasil

Paulo Nogueira Photography

 

É a península da Terceira, localizada em Angra do Heroísmo. Escusado será dizer que é, também, um vulcão adormecido. Bom, todas as ilhas dos Açores são resultado de vulcões adormecidos.

 

É um fantástico local para passar um dia com a família. Há grelhadores e mesas. Há, também, papagaios, outras espécies de aves, e veados que podem entreter a malta. Um dos papagaios diz “olá”, quando quer.

 

Pode-se também fazer trilhos pedestres. Assim como, apenas, passar por lá de carro.

 

O Monte Brasil tem vários miradouros, um deles com uma fantástica vista para a cidade (o da foto).

 

Construída há vários séculos, está localizada no local a Fortaleza de São João Batista.

 

Ilhéus das Cabras

Direitos Reservados

 

Sobre este fantástico local já disse, aqui, o que tinha a dizer. Vale muito, muito a pena visitar.

 

 

Tailândia, Canárias, Maldivas? Não me digam que têm assim tanto mau gosto. Escolham, Açores!

 

4 comentários

Comentar post

Segue-me nas redes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

2 dedos de conversa

O RAPAZ NA RÁDIO

Continente: Das 17H às 19H

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D