Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O RAPAZ DAS ILHAS

18
Mai17

O RAPAZ / SOBRE

DIREITOS RESERVADOS

 

Sou natural da Praia da Vitória, uma pequena cidade localizada na ilha Terceira, arquipélago dos Açores (a região mais simpática do país). Foi lá que cresci.

 

Há um ano decidi vir para Lisboa não sei bem fazer o quê. Estou a brincar. Vim tirar uma licenciatura no ISCSP (tentem lá dizer) e fazer outras coisas úteis. Gosto de viver cá pa caraças, ainda que a falta da terrinha faça questão de me acompanhar!

 

Para além de estudar, sou locutor de rádio (ou tento ser) duas horas ao domingo. E não, não é uma rádio online que só eu é que ouço. Trata-se de uma rádio “a sério”, Rádio Clube de Angra. É a melhor rádio dos Açores, para ser mais fácil. Para além disso, também vou escrevendo, até agora apenas para mim. Nada de jeito e, por vezes, até dou um ou outro pontapé ligeirinho no português. Mas é raro, atenção. 

 

Tento ser bom no que gosto realmente de fazer, mas não me acho o melhor em nada, e em motivo algum. Não tenho paciência para gabarolas. Gosto muito daquela frase de António Lobo Antunes: “É preciso saber viver, viver como homem comum entre homens comuns. Só um homem comum pode fazer grandes coisas”.

 

Fico a dever muito à beleza, também não tenho um corpo definido, e o meu QI é o que se pode constatar. Ainda assim, consegui engatar a gaja mais gira do mundo e qualquer dia havemos de casar e ter filhos. Não hoje, como calculam.

 

Tenho sonhos que nunca mais acabam. E, claro que não fico à espera que eles me apareçam do nada. Também foi por isso que vim para Lisboa.

 

Tenho muito mais a dizer. Não só sobre mim, claro. É por isso que nasce esta espécie de blog.

 

Já agora, se interessa para alguma coisa, chamo-me Rodrigo. Rodrigo Pereira.

 

 

Que blog é este?

 

É um espaço meu, acima de tudo. Mas também teu, caso queiras. É como diz o meu avô: “Se vens por bem és bem-vindo”. Caso contrário, carrega no X.

 

Aqui vou partilhar a minha opinião sobre tudo o que entender. Vou passar para o papel (e depois para aqui) os pensamentos que me vão ocorrendo no dia a dia. Quero partilhar contigo aquilo que mais gosto de fazer. Também vou deixar umas frases soltas (inspiradoras, talvez. Ou não.). Vou tentar não escrever piadas para poupar-te o trabalho de as teres que procurar. E vou tentar trazer conversas com pessoas interessantes (se elas aceitarem). No fundo, vamos falar de coisas sérias (muitas vezes fazendo o contrário), de paixões, de tudo!  

 

Porquê “O rapaz das ilhas”? Porque, regularmente, sou tratado em Lisboa por Açoriano. E um açoriano é um rapaz das ilhas. É por isso.  

 

Faz-te de casa! 

 

Bem-vindo!

 

 

CONTATO

 

geral.orapazdasilhas@gmail.com

2 comentários

Comentar post

Segue-me nas redes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

2 dedos de conversa

PATRÍCIA MATOS em 2 DEDOS DE CONVERSA

Publicado por Rodrigo Pereira em Domingo, 15 de Abril de 2018

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D